sábado, 18 de novembro de 2017

A te che non dimentico mai - Una Lettera D'amore


A te...che sei lontano dal mio corpo...ma non del mio cuore.


...Ti porto lontano nei campi di grano
Che nascono dentro di me
Nei sogni proibiti di due innamorati
Nel posto più bello che c'è
Lontano dal mondo, portati dal vento
Respira la tua libertà
Giocare un momento poi corrersi incontro
Per fare l'amore qua e là
Su di noi nemmeno una nuvola
Su di noi l'amore è una favola...






San Gimignano, 20/09/1990


Quando ero di tornare, non sapevo cosa piu trovare. Non solo ciò che è rimasto di me: i miei sogni, alcune frustrazioni, per non parlare delle perdite. Ma, soprattutto, trovare qualcosa su di te nella mia valigia. Forse posso trovare nella mia borsetta, quella più piccola che porto sempre con me quando andiamo a qualche luogo, che nella valigia tanto necessaria in ogni viaggio.

No, non penso che la nostra storia dovrebbe durare fino all'eternità. La causa del dolore maggiore è sapere che la nostra vita è stata interrotta, negata da situazioni circostanziali che quasi tutti non capiscono che la capacità di continuare è sfuggita dalle nostre mani. Seduta qui in questo immenso giardino, posso sentire il odore  degli foglie autunnali che hanno cominciato a cadere, dagli alti cipressi verdi, dove sotto di loro a volte abbiamo fatto l'amore, e ricordo le promesse così solide, i sogni che abbiamo costruito e non abbiamo mai realizzato.

Ho aperto la mia borsa. Il tuo profumo, infatti l'odore del fiore che terrò sempre con me; tutto questo mi fa capire come il mio ritorno è ingiusto. Quando avrò un altro nuovo fiore da ricevere da te? Forse un giorno. Ora, la rugiada del pomeriggio cade sulla mia faccia e chiudo gli occhi per ricordarmi meglio di te. La tua voce, il calore della tua pelle...come mi hai toccato, la tua bocca così innamorata e come non parlare della tua risata.....

Il destino lo voleva così. Molte persone che leggono questa lettera, o per caso, trovano questa breve storia in qualche decennio futuro, certamente non capiranno la nostra realtà. Ma cosa significa un ritorno obbligato, di fronte alla speranza infinita che coltiverò per sempre nostro amore?

Ti amerò per sempre, L.




Claudia M.Martins.❤❤❤

O Palácio de Inverno - Eva Stachniak


Olá !!

Boa Tarde! Hoje vamos conhecer mais um romance histórico. Não conhecia esta autora, mas agora não esqueço dela nunca mais...rs. Este livro é simplesmente perfeito para quem é fão do gênero. Confira as minhas "anotações" abaixo.;-)


Sinopse:

A implacável ascensão de Catarina, a Grande, vista através dos olhos da jovem espia da imperatriz na Rússia do século XVIII.
Quando Vavara, uma jovem órfã polaca, chega à ofuscante e perigosa corte da imperatriz Isabel em Sampetersburgo, é iniciada em tarefas que vão desde o espreitar pela fechadura até à arte de seduzir; aprendendo, acima de tudo, a ser silenciosa e a escutar. Chega, então, da Prússia, Sofia, uma frágil princesa herdeira, a potencial noiva do herdeiro da imperatriz. Incumbida de a vigiar, Vavara em breve torna-se sua amiga e confidente e ajuda-a a mover-se por entre as ligações ilícitas e as volúveis e traiçoeiras alianças que dominam a corte. Mas o destino de Sofia é tornar-se a ilustre Catarina, a Grande. Serão as suas ambições mais elevadas e de longo alcance? Será que nada a deterá para conquistar o poder absoluto?




Este livro foi um dos mais lindos e bem escritos romances históricos que já li. Palácio de Inverno narra a vida de uma jovem espiã, sua rotina densa, intensa e complexa que nos envolve em um misto de ficção e realidade. O livro mistura de modo excelente a História real com a inventada pela autora, proporcionando um mundo de segredos, facções, onde a razão deixa de ser importante pelo preço de se estar vivo, pela ambição ou simplesmente pelo mais frágil lado do humano: o seu coração. Não há inocentes, há vencedores e sobreviventes por detrás de paredes e ambientes escondidos, junto das 03 principais protagonistas: VarvaraCatarina Isabel. Somos por elas seduzidos à leitura o tempo todo. O cenário narrado é a hipocrisia da nobreza e corte russa do século XVIII, onde somos levados a literalmente participar da narrativa, tamanha é a perfeição com que os personagens são descritos, suas emoções e tramas. Eva Stachniak é de um talento incontestável! Este é um daqueles livros que relemos de tempos em tempos e sempre descobrimos, encontramos uma situação que nas vezes anteriores, não percebemos sua particularidade. As sensações do livro ficam dias em nossa memória. ❤❤❤



Até a próxima dica...e espero seja tão arrebatadora quanto esta.
Bj,
Claudia.:-)

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Uma Fazenda em África - João Pedro Marques


Olá leitor(a),

Hoje tenho um romance histórico bem diferente para te indicar. Uma história que fala de África, Escravidão, onde nem sempre o Amor vence todas as barreiras, mas ensina, como sempre, a lutar contra seus opositores. Este romance é bastante realista e trás pelas mãos do autor muitos detalhes sobre a História, passeando por três continentes. Ficou curioso? Leia a postagem e confira o livro. ☺

Sinopse:

Ao acordar em sobressalto naquela noite de junho de 1848, a jovem Benedita não podia imaginar a transformação radical que a sua vida iria sofrer. Um ano volvido, tendo perdido tudo o que a prendia a Pernambuco, embarcava com escassos haveres e o coração apertado em direção a Moçâmedes. Consigo seguia mais de uma centena de portugueses que, desiludidos com o Brasil, procuravam uma nova oportunidade, fundando uma colónia agrícola do outro lado do Atlântico. Uma Fazenda em África acompanha a vida e as histórias dos primeiros colonos numa terra brutal, trazendo à superfície os sucessos e desaires, os perigos e as surpresas da sua fixação num território inóspito e selvagem.
Baseado numa investigação histórica meticulosa e tendo como pano de fundo a colonização de Moçâmedes, este novo romance de João Pedro Marques leva-nos por uma África simultaneamente enternecedora e inclemente, carregada de exotismo e em cujos trilhos a aventura e o amor caminham de mãos dadas.


Destaque central para o papel importante de uma mulher, a protagonista, em toda a história. Imagino o quanto não deveria ser fácil numa época em que os homens realmente mandavam, e as mulheres eras completamente subjugadas, obedecer e seguir tantas ordens, concordar com tantas opiniões impostas, ainda que nem todas fossem as melhores. Algo que percebi ao longo da narrativa, é que a inclusão de alguns personagens era completamente dispensável. A história se passa em 03 continentes - Europa, América e África - com ênfase para o terceiro, seguindo o objetivo do livro. O autor começa sua narrativa no Brasil, mais precisamente no Recife, com rumores de violência contra os imigrantes portugueses que se cobram várias vidas e que leva a um dos protagonistas, uma figura que realmente existiu na História, a organizar uma leva migratória para Angola, na época um território português pouco desenvolvido. O local de destino é Moçâmedes (atual Namibe), que se encontra nos primórdios da sua colonização. Há no romance uma mistura permanente entre o doce e o amargo que talvez revele de certo modo a figura da protagonista, Benedita. Ela consegue triunfar como empresária e empreendedora, mas a sua vida amorosa é muito mais frágil, sofrendo frequentes inconstâncias. Uma Fazenda em África é um livro que indico para os amantes de História, principalmente sobre o tema da Escravidão. Aos que se interessam por África e, também, aos que gostam de romances realistas, onde a vida é como é, e o bem não tem todas as garantias de triunfar.

Até a próxima dica , leitores!
Bj,
Claudia.:-)

domingo, 12 de novembro de 2017

Divulgação - Natal com Literatura Nacional


Olá, querido(a) leitor(a)!

Você quer ganhar livros e marcadores de presente de Natal? Então, esta é a sua chance.


As Escritoras:

Bruna Longobucco [http://www.brunalongobucco.com.br/], 
Rosana Dias Vitachi [https://www.rosanadiasvitachi.com/]

 E os blogs: 

Blog dos Jovens Leitores [http://blogdosjovensleitores.blogspot.com.br/], 
Brooke Bells [http://www.brookebells.com], 
Claudia e a Literatura [http://www.claudiaealiteratura.com/]
Confissões Femininas [http://www.confissoesfemininas.com/
Sonhos e Aventuras de Amor [http://sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br/
e Três Leitoras [http://www.tresleitoras.com.br/] se uniram para dar dois super kits de livros e marcadores para dois leitores! Confira a composição dos kits abaixo!


Kit 1:
- Livro Uma Chance para Recomeçar (Diana Scarpine)
- Livro Estarei Aqui ( Daya Alves)
- Livro Selvagem Moto Club (Mari Sales) + marcadores
- Livro A Menina dos Olhos Molhados (Marina Carvalho) [blog Leitora Encantada]
- Livro Bom Dia, Verônica (Andrea Killmore) [Blog Amor Livrônico]
- Livro Ultra Carnem (Cesar Bravo) + marcadores [Blog Confissões Femininas]
- Livro A Ilha de Kansnubra e o Portal Perdido (Andrews Ulisses) [Blog dos Jovens Leitores]
- Kit de marcadores [Blog Pacto Literário]
- Kit de marcadores [Blog Três Leitoras]
Kit 2:
- Livro Mais que uma escolha (Bruna Longobucco)
- Livro Contos e encontros do coração (Maria José)
- Livro Miriade (Carla Kleyde)
- Livro Espelho dos olhos (Nicolas Catalano) e marcadores [Blog Sonhos e Aventuras de Amor]
- Livro O Tronco do Ipé (José de Alencar) [Blog Cláudia e a Literatura]
- O Espelho do Monge (Rosana Dias Vitachi) e marcadores
- Kit de marcadores [Blog Leitura Descontrolada]
- Kit de marcadores [Blog Brooke Bells]
- Kit de marcadores [Blog Estante da Suh]
- Kit de marcadores [Blog Eureka Mundo]

Para este super sorteio, contamos com a colaboração dos seguintes blogs na divulgação:

Canteiro de Obras Literárias [http://www.canteirodeobrasliterarias.com.br/],
Duas Leitoras [http://www.2leitoras.com.br/], 
Entre Óculos e Livros [http://entreoculoselivros.blogspot.com.br/], 
Estante da Josy [http://www.estantedajosy.com.br/], 
Meu Passaporte Literário [http://meupassaporteliterario.blogspot.com.br/], 
Leitura, Vida e Paixões [http://leiturasvidaepaixoes.blogspot.com.br/], 
Manuscrito Literário [http://www.manuscritoliterario.com.br/], 
Minha Montanha Russa de Emoções [https://minhamontanharussadeemocoes.blogspot.com.br/], 
Notas Literárias [http://www.notasliterarias.com/],
Romances e Leituras [http://www.romanceseleituras.com/], 
e do instagram literário Thaís Oliveira Leitora Voraz [https://www.instagram.com/thathemi_leitoravoraz/?hl=pt-br].

Organização: Diana Scarpine e Amanda Nicole Aguiar de Oliveira.
Confira as regras:

REGRAS:
1. Marcar quatro amigos nos comentários da postagem oficial do sorteio no instagram. A postgem oficial encontra-se no instagram da escritora Diana Scarpine (https://www.instagram.com/dianascarpine/)
2. Compartilhar a foto em modo público no seu perfil do instagram.
3. Residir no Brasil
INFORMAÇÕES ADICIONAIS:
— Serão sorteados 2 ganhadores. Cada um deles receberá um kit. O kit 1 contém 7 livros e 2 kits de marcadores. O kit 2 contém 6 livros e 4 kits de marcadores. A quantidade de marcadores varia de acordo com o kit.
— O concurso é recreativo e não está vinculado a marcas, compras e vendas de serviços.
— O sorteio será realizado pelo SorteioGran e o resultado será divulgado nas redes sociais da escritora Diana Scarpine, das demais autoras e dos blogs participantes e colaboradores em 23/12/2017.
— A postagem oficial encontra-se no instagram da escritora Diana Scarpine (https://www.instagram.com/dianascarpine/).
— Os ganhadores terão três dias para entrar em contato por e-mail (dianascarpine@gmail.com) com a autora Diana Scarpine, informando os dados para envio dos kits de prêmios. Findo esse prazo, será feito novo sorteio. A escritora Diana Scarpine repassará os endereços para as demais autoras e blogs.
— As escritoras e os blogs terão 45 (trinta) dias para envio dos livros e marcadores, após o contato dos ganhadores.
— Os prêmios serão enviados separadamente aos ganhadores.
— Não serão aceitos perfis fakes ou criados exclusivamente para promoções.
— As regras serão devidamente conferidas!
— As despesas de envio são por conta e responsabilidade das autoras e blogs participantes, que não se responsabilizarão em caso de demora ou extravio dos correios.
— Regras sujeitas a alterações sem aviso prévio!

BOA SORTE!
 

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Cinema/Literatura - O Leitor


Mais um mês e mais um grande sucesso da telas que teve sua narrativa adaptada para roteiro de um filme. O Leitor é sensacional! Um filme inteligente, sutil, sensível aos olhos e sobre tudo ao coração. Este é um daqueles filmes que esforçou-se para ser o mais fiel possível ao livro, e conseguiu. Sou apaixonada por ele. Tudo neste filme é bom. Atores (elenco nota máxima), fotografia, roteiro, direção....tudo TOP. Confira o livro também, incluindo-o em sua lista.;-)

Sinopse:

Na Alemanha pós-guerra, o adolescente Michael Berg inicia um relacionamento apaixonado por Hanna Schmitz, uma mulher que tem o dobro de sua idade. Apesar das diferenças de classe, os dois vivem uma bonita história de amor. Um dia Hanna desaparece misteriosamente, deixando Michael com o coração partido. Anos mais tarde, Michael, que agora é um estudante de direito, se surpreende ao reencontrar Hanna em um polêmico julgamento por crimes de guerra cometidos pelos nazistas.



A história é narrada por Michael Berg. Um jovem alemão, que logo após a Segunda Guerra Mundial, aos 15 anos, conhece uma mulher quando passa mal na rua; ele é ajudado por ela e a partir deste encontro, eles começam um relacionamento amoroso. Hanna é uma mulher misteriosa, às vezes fria, distante. Após algumas semanas, todas as tardes depois da escola, Michael vai até sua casa para ler para ela. Esta rotina torna-se diária, até o dia em que Hanna desaparece sem deixar aviso algum.Essa atitude deixa Michael muito ferido, pois não consegue encontrar alguma explicação lógica para ela ter agido daquela forma. Michael torna-se estudante de Direito, e é levado por um professor à acompanhar um julgamento. Ele surpreende-se ao perceber que uma das acusadas de crimes de guerra é Hanna. O rapaz descobre então, seu segredo, e se vê dividido entre salvar Hanna de uma condenação injusta, ou expor um segredo que ela prefere esconder, ainda que isto custe sua própria liberdade. 

O filme é tão bom quanto o livro. O roteiro foi bastante fiel à sua fonte...rs.


"Como o prisioneiro do campo de concentração que sobrevivia mês após mês acostumando-se, registrando com indiferença o horror dos recém-chegados. Registrando com o mesmo entorpecimento com que ele percebe o ato de matar e de morrer. Toda a literatura relata esse entorpecimento, sob o qual as funções vitais são reduzidas, as atitudes tornam-se apáticas e egoístas, a câmara de gás e a cremação viram coisas cotidianas. Mesmo nas declarações escassas dos carrascos, encontra-se a câmara de gás e o forno de cremação como ambiente cotidiano, os próprios carrascos reduzidos a poucas funções, e sua desconsideração e apatia, sua estupidez como que anestesiadas ou embriagadas."


"Naquela época, a imaginação era quase inerte; o que a poderia mover estava além do abalo que o mundo dos campos de concentração causou. As poucas imagens que nos chegaram através das tropas aliadas e dos relatos dos prisioneiros, impregnaram a fantasia das pessoas em demasia, até se estagnarem como clichês."


   "Só que fugir não é só correr de um lugar,mas também chegar a outro."

❤❤❤

Até a próxima postagem com Cinema e Literatura para vocês!
Bj,
Claudia.:-))





segunda-feira, 6 de novembro de 2017

A Livraria dos Finais Felizes - Katarina Bivald


Olá!!! Boa Tarde!!!
Hoje tenho uma sugestão que talvez para você funcione...para mim....não foi boa.

Sinopse:

Sara tem 28 anos e nunca saiu da Suécia — a não ser através dos (vários) livros que lê. Quando sua amiga Amy, uma senhora com quem troca livros pelo correio há anos, a convida para visitá-la na cidade de Broken Wheel, Iowa, Sara decide se aventurar. Mas ao chegar lá, descobre que Amy faleceu. Sara se vê desacompanhada na casa da amiga, em uma cidade muito pequena, e começa a pensar que talvez esse não seja o tipo de férias que havia planejado.Com o tempo, Sara descobre que não está sozinha. Nessa cidade isolada e antiga, estão todas as pessoas que ela conheceu através das cartas da amiga: o pobre George, a destemida Grace, a certinha Caroline e Tom, o amado sobrinho de Amy. Logo Sara percebe que Broken Wheel precisa desesperadamente de alguma aventura, um pouquinho de autoajuda e talvez uma pitada de romance. Resumindo: a cidade precisa de uma livraria.


Gente, sinceramente, achei este livro sem graça, café com leite, meio sim e não....deu para entender? Ele promete muito pela sinopse, porém, não corresponde à altura das tantas expectativas que faz brotar no leitor. Assim como outras pessoas que o leram, eu também não gostei muito. É lento demais, sem grandes suspenses, com uma narrativa boa - sob ponto de vista gramatical - mas fraca quanto à trama, ao interligar os personagens. Infelizmente, a autora deixa a história meio solta, perdida. Penso que  tudo poderia ter rendido muito mais, a ideia central da obra é promissora e criativa, mas não foi bem explorada. Um livro que tinha tudo para despertar no leitor inúmeras fantasias, termina por decepcionar. Personagens tão ricos, onde seria possível explorar tantas coisas, ficam chatos e sem "sabor". Um livro que fala de livros, poderia e tem o dever de ser bem melhor. Acho que é a primeira vez aqui no blog que falo de uma leitura que não gostei. :-(

Até a próxima postagem...
Bj,
Claudia.❤


sábado, 4 de novembro de 2017

Prometo Perder - Pedro Chagas Freitas


Oi leitores! Tudo bem?

Neste sábado trago mais uma dica portuguesa, com certeza! Confira abaixo a sinopse e minhas impressões sobre o livro do Pedro Chagas Freitas. Este é o segundo livro desta série. O primeiro é "Prometo Falhar". Gostei muito das reflexões do autor à respeito dos temas. Ele conversa com o leitor, através de uma narrativa despojada, despretensiosa sobre relacionamentos.

Sinopse:

A mais recente incursão do escritor português, que é sucesso na internet, por um universo poético e cheio de sensações, do qual leitor algum sairá o mesmo. Em uma viagem intimista e desconcertante, Pedro Chagas Freitas caminha, em Prometo Perder, até o interior da emoção: da saudade ao desejo, da rebeldia à submissão, da dor ao amor, nada ficará por tocar. Permita-se sentir. “Prometo perder. Prometo por vezes fraquejar, por vezes cair, por vezes ser incapaz de ganhar. Nem sempre conseguirei superar, nem sempre conseguirei ultrapassar. Nem sempre poderei ser capaz de ir tão longe como você me pede, de te dar exatamente o que você merecia que eu te desse. O que desesperadamente te quero dar. Nem sempre conseguirei sorrir, também. “Prometo perder”. Prometo ainda me manter vivo depois de cada derrota, resistir ao peso insustentável de cada impossibilidade. Há de haver momentos em que sem querer te magoarei, momentos em que sem querer tocarei no lado errado da ferida. Mas o que nunca vai acontecer é desistir só porque perdi, parar só porque é mais fácil, ceder só porque dói construir. “Prometo Perder”. Porque só quem ama corre o risco de perder; os outros correm apenas o risco de continuar perdidos. “Prometo Perder”. Porque só quem nunca amou nunca perdeu.”


Este livro é um compilado de crônicas escrito com muita autenticidade pelo autor. Ao ler as histórias que ele conta, é um dos sentimentos que nós, leitores, temos. A obra traduz muita sensibilidade, verdade, ao falar de sentimentos, trazendo à tona um pouco de cada um de nós. Impossível não se "ver" em alguma frase, em algum trecho escrito. Durante a leitura, lembrei muito do livro "Eu me chamo Antônio". Tem o mesmo estilo. Se alguém ler e não achar tão parecido, ao menos, admitirá que há muita semelhança. A narrativa parece abrir seu coração o tempo todo. Segue este tipo de inspiração. Lembra alguém fazendo suas confissões, como escrevendo seu diário. Definiria o livro como poético, embora sua escrita não seja apresentada desta forma. Cativante e envolvente! Se gosta do gênero, vai amar este. Procure para baixar e leia-o. ❤


Trecho:

"Prometo ainda me manter vivo depois de cada derrota, resistir ao peso insustentável de cada impossibilidade. Há de haver momentos em que sem querer te magoarei, momentos em que sem querer tocarei no lado errado da ferida. Mas o que nunca vai acontecer é desistir só porque perdi, parar só porque é mais fácil, ceder só porque dói construir."


Até mais com outras leituras...
Bj,
Claudia.:-)



quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Nicholas Sparks - Vídeo


Oi, gente !!!

Para animar tua tarde cinzenta desta quinta-feira, trouxe para vocês uma entrevista do nosso fofíssimo Nicholas Sparks, falando sobre seu livro Dois a Dois. Entrevista dada à redação da revista Capricho, na ocasião de sua vinda ao Rio este ano. Espero que curtam tanto quanto eu! ;-)

❤❤❤



Muito amor no coração de vocês !!!
Bj,
Claudia.☺

sábado, 28 de outubro de 2017

Uma Chance para Recomeçar - Diana Scarpine


Hoje encerro a semana de divulgação das autoras parceiras do blog, com a querida Diana Scarpine. Confira, abaixo, a postagem sobre seu livro e não deixe de dizer o que achou. Amei seu livro, Diana.:-)

Recebi este livro em parceria do blog com a autora. Ainda, no twitter, quando havia lido apenas a sinopse em uma de suas postagens, senti vontade de conhecer a obra. Não me arrependi. A história é muito bem narrada, comovente, madura. Não é um romance convencional. E isso, certamente, é que o faz ser mais interessante. É um livro que verdadeiramente nos prende. A sensibilidade do casal, da relação que se estabelece entre eles, nos envolve a cada capítulo. Como já falei em outras postagens, minhas resenhas não são cheias de detalhes e não gosto de esmiuçar cada acontecimento. Portanto, deixarei para vocês algumas impressões sobre a Carina e o Aurélio, casal protagonista do livro.


Carina não leva uma vida fácil. Além de suas limitações físicas - ela apresenta uma paralisia facial - vive para o trabalho, e mantém com seu pai uma relação um tanto conturbada. Todo este cenário contribui para sua personalidade tímida, pouco sociável. Posso afirmar que senti a Carina depressiva - sim, admito que me envolvi com seus conflitos e queria ser sua amiga - Ao longo da narrativa, entende-se muito bem o porquê de tanto desamor. Mas, como todo bom romance, sabemos que nem tudo está perdido. Carina, em uma de suas sessões de fisioterapia, devido à sua paralisia, conhece uma senhora que sugere tratamento de massoterapia para aliviar seu estresse. Quem é o massoterapeuta? Aurélio!

Aurélio é viúvo e ainda recupera-se de seus traumas. Vivendo suas perdas, tanto físicas como psicológicas, encontra em Carina sua metade. Eles foram feitos um para o outro. Se completam. E é a partir deste encontro, que o livro começa a ganhar outro fôlego. Seus rumos começam a se encaixar. Seus sonhos e expectativas são despertados. Carina não se importa com sua história triste. Ao contrário, vê naquele homem, alguém forte e companheiro. O desenrolar do relacionamento deles, não é tão simples e instantâneo, porém, amadurece com solidez. 

A beleza deste livro está em NÃO ser um romance convencional, como escrevi acima. É diferente. Há realidade, racionalidade e amor. Em Uma Chance para Recomeçar, você "verá" pessoas reais, personagens simples e autênticos. Como aquelas histórias que ouvimos algum dia de algum colega de faculdade, ou alguém da família que conhece um casal cheio de questões difíceis para resolver. É uma história de amor cheia de aceitação, reconstrução emocional e RECOMEÇOS. 

Fica a dica de um ótimo livro! Compre, leia, emocione-se. ❤❤❤


Adquira e conheça seus livros aqui ⇩

http://dianascarpine.blogspot.com.br/p/blog-page.html


Até mais, com mais livros e outras belas histórias !!!
Bj,
Claudia.

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Dona de Mim - Fernanda França


Bom Dia, leitores !!
Nesta manhã nublada e ótima para leituras...rs vamos conversar sobre outra parceria aqui do blog. Hoje é o dia da autora Fernanda França. Leia, abaixo, a indicação de uma de suas obras. que está disponível para leitura no Wattpad, e acompanhe a história de Luma, escrita com muita sensibilidade. ❤❤


Sinopse: 

Luma precisa lidar com as dificuldades  da maternidade e com as expectativas de sua vida pessoal e profissional, após o nascimento do pequeno Rubem. Ela só quer se reinventar, mas descobrirá que além de um novo horizonte, a vida também pode lhe trazer uma nova oportunidade para amar.

***

Dona de Mim é antes de mais nada uma história de superação. Luma, no decorrer da narrativa, passa por diversas transformações: Pessoais (como mulher), familiares, profissionais. Ela amadurece com a chegada inesperada de um filho, e esta reviravolta em sua vida a aproxima melhor de seus pais, trás uma nova compreensão de sua relação familiar. Uma obra sensível que aborda temas tão normais, do cotidiano, que parece estarmos lendo sobre alguém que conhecemos. Vai lá no Wattpad e confira.;-)


Link para leitura

-Obra revisada por Isadora Duarte-






Até mais leitores....
Bj,
Claudia.:


quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Segunda Sombria - Nicci French


Oi pessoal, tudo bom? 
Hoje vamos de Romance Policial. Isso mesmo! Acho que nunca trouxe uma sugestão do gênero, aqui no blog para vocês. Vamos à postagem? :-)


Sinopse:


Um thriller psicológico inquietante que percorre os lugares mais sombrios da mente. O sequestro do pequeno Matthew, de cinco anos, provoca a indignação de todos e buscas policiais desesperadas. Quando o rosto aparece nos jornais, a psicoterapeuta Frieda Klein fica inquieta: um dos seus doentes tem-lhe contado que sonha desejar ardentemente uma criança. O detetive Karlsson só leva a sério as preocupações de Frieda quando surge uma ligação a um caso de rapto, vinte anos antes. Às vezes a mente é o local mais perigoso para uma pessoa se perder. 

***

O livro é um quebra-cabeças. E, certamente, é isso que faz a narrativa ser tão interessante; não é uma história de suspense contada de forma linear, onde conseguimos visualizar uma certa previsibilidade sobre os diálogos, e alguns rumos dos personagens durante o desenrolar das situações. Vemos os personagens encaixarem-se como peças em um tabuleiro, onde cada um define com exatidão sua função na trama. Segunda Sombria (Blue Monday) é o primeiro livro de uma série de 04 publicações. A história se passa em Londres, com cenas frias de inverno, e grande parte das ações são noturnas, promovendo com propriedade aquele clima de "mistério dark" que somente bons autores sabem mostrar. Mesmo sendo um livro recheado de suspense e mistérios, tem sua pitada de leveza também. Frieda e Karlsson são os responsáveis pelos momentos de riso no livro, com suas divergências. Confira! O final do livro é esperado, convencional, mas você leitor(a) ao ler entenderá o fechamento como bastante adequado às situações.


Trechos do livro:

“Ela havia exposto sonhos e fragmentos de memórias, ou imagens que pareciam memórias, semelhanças. Porque era isso que ela fazia, essa era sua moeda: as coisas que aconteciam dentro da cabeça das pessoas, coisas que as deixavam felizes, infelizes ou com medo, as conexões, que elas faziam sozinhas, entre acontecimentos distintos que podiam conduzi-los em meio ao caos e ao medo.” 

“ - A ansiedade de Alan Dekker é baseada em uma fantasia sobre ter um filho, ou sobre não ter um filho. Essa fantasia se revela em sonhos que parecem envolver o sequestro de uma criança, o que me pareceu muito similar ao desaparecimento desse menino. E antes que diga que os sonhos podem ter sido causados por informações que ele ouviu a respeito do caso, eles começaram antes do desaparecimento de Matthew Faraday. "

" - Todo mundo precisa ter segredos. Mesmo nos relacionamentos mais próximos. As pessoas precisam de seu próprio espaço. Um quarto trancado, uma escrivaninha, talvez só uma gaveta." 



Espero que tenham gostado da dica de hoje.
Até mais...
Bj,
Claudia.

Mais Lidas